GARANTIMOS MAIS QUE LOGÍSTICA

Head Office +55 11 5908 4050

Blog MAC Logistic

Exportações crescem 28% na quarta semana de fevereiro; superávit mensal chega a US$ 3,6 bi

27-02-2019

Brasília –  Na quarta semana de fevereiro, a balança comercial brasileira teve superávit de US$ 2,010 bilhões, resultado de exportações no valor de US$ 5,069 bilhões e importações de US$ 3,059 bilhões. No mês, as exportações são de US$ 13,785 bilhões e as importações, de US$ 10,194 bilhões, com saldo positivo de US$ 3,591 bilhões. No ano, as vendas externas totalizam US$ 32,364 bilhões e as compras do exterior, US$ 26,580 bilhões, com saldo positivo de US$ 5,784 bilhões.

Acesse os dados completos da balança comercial brasileira

A média das exportações da quarta semana  (US$ 1,013 bilhão) ficou 28% acima da média registrada até a terceira semana (US$ 792,4 milhões), em consequência do aumento nas exportações das três categorias de produtos: manufaturados (32,4%, em razão, principalmente, de aviões, gasolina, motores e turbinas para aviação, máquinas e aparelhos para terraplanagem, produtos laminados planos de ferro/aço), básicos (25,2%, por conta de soja em grão, petróleo em bruto, minério de cobre, minério de manganês, bovinos vivos) e semimanufaturados  (24,8%, em razão de celulose, ferro fundido bruto e ferro spiegel, açúcar de cana em bruto, ouro em formas semimanufaturadas, semimanufaturados de ferro/aço).

Nas importações, houve retração de 5,7%, sobre igual período comparativo (média da quarta semana, US$ 611,8 milhões sobre média até a terceira semana, US$ 648,6 milhões), explicada, principalmente, pela diminuição nos gastos com combustíveis e lubrificantes, químicos orgânicos e inorgânicos, equipamentos eletroeletrônicos, plásticos e obras, cobre e suas obras, aeronaves e peças.

Mês

Nas exportações, comparadas as médias até a quarta semana de fevereiro de 2019 (US$ 861,5 milhões) com a de fevereiro do ano passado (US$ 967,2 milhões), houve queda de 10,9%, em razão da diminuição nas vendas de produtos manufaturados (-22,9%, por conta de plataforma para extração de petróleo, automóveis de passageiros, tratores, veículos de carga, açúcar refinado) e semimanufaturados (-14,2%, por conta de açúcar de cana em bruto, óleo de soja em bruto, celulose, produtos semimanufaturados de ferro/aço, ferro-ligas). Por outro lado, aumentaram as vendas de produtos básicos (9,4%, por conta, principalmente, de soja em grão, milho em grão, minério de ferro, algodão em bruto, café cru em grão. Em relação a janeiro de 2019, houve crescimento de 2%, em virtude dos aumentos nas vendas de produtos básicos (9,8%) e manufaturados (1,6%). Por outro lado, reduziram as vendas de produtos semimanufaturados (-19%).

Nas importações, a média diária até a quarta semana de fevereiro de 2019, de US$ 637,1 milhões, ficou 20,4% abaixo da média de fevereiro/2018 (US$ 800,6 milhões). Nesse comparativo, caíram os gastos, principalmente, com combustíveis e lubrificantes (-26,1%), equipamentos elétricos e eletrônicos (-13,2%), veículos automóveis e partes (-19,3%), equipamentos mecânicos (-8,7%), químicos orgânicos e inorgânicos (-7,7%). Ante janeiro/2019, houve queda de 14,5%, pelas diminuições em aeronaves e peças (-44,8%), equipamentos elétricos e eletrônicos (-11,5%), combustíveis e lubrificantes (-9,8%), químicos orgânicos e inorgânicos (-8,2%), plásticos e obras (-4,7%).

(*) Com informações do Ministério da Economia

Artigos Relacionados: Balança comercial registra superávit de US$ 20 bilhões na parcial de 2019 Obra de dragagem do Porto de Rio Grande avança e chega 65% de conclusão Superavit da balança comercial supera US$ 14 bilhões até a segunda semana de abril Exportações para os EUA têm como destaque participação de 66,5% dos produtos manufaturados Sem OMC, custo das exportações brasileiras aumentaria 120%, diz CNI Balança comercial tem superávit de US$ 4,99 bilhões em março Dólar fecha quase estável ante real nesta 6ª, mas tem maior mensal desde agosto de 2018 Certificado de origem digital será exigido nas exportações para a Argentina a partir de abril Exportações e importações em alta fazem do Rio segundo maior estado exportador do País Superávit na balança comercial traz fantasma da falta de contêineres
economia exportacoes balancacomercial importações superávit ComércioExterior BlogdaMac MacLogistic

mac-logo-pos

   

       

Conheça o grupo MAC Logistic! Ficaremos honrados em atendê-los e principalmente, apoiar o desenvolvimento dos seus negócios, através de projetos logísticos customizados.

   

OFFICES

    Brazil - Head Office (55 11) 5908-4050

    Florida Office +1 305 436-5141

    Vitória Office (55 27) 2122-1777

   maclogistic@maclogistic.com

CÂMBIO

       

As operações da Mac Logistic são regidas pelas Condições Gerais de Negócios registradas no 2º Cartório Oficial de Registro de Títulos e Documentos de São Paulo sob o número 3612634.