GARANTIMOS MAIS QUE LOGÍSTICA

Head Office +55 11 5908 4050

Blog MAC Logistic

Navios da Aliança e da Hamburg Süd pagam taxas menores no Porto de Buenos Aires

22-08-2017

O Porto de Buenos Aires (Argentina) reduziu algumas taxas dos navios da Aliança e da Hamburg Süd, que possuem certificados internacionais de baixa emissão de poluentes. “A decisão do porto vizinho reforça o nosso compromisso com o meio ambiente, garantindo que as nossas embarcações atuem de forma eficiente e sustentável”, afirma Gustavo Biluca, gerente de Procurement da Aliança Navegação e Logística para a região da América do Sul e Costa Leste.

Atualmente, os navios de contêineres têm os melhores resultados em termos de emissões de CO2 por Km TEU em comparação aos aviões de carga, caminhões, trens e balsas. 

O grupo Hamburg Süd se comprometeu a reduzir as emissões de CO2 de sua frota em 45% até 2020, se comparado com o ano de 2009. “A eficiência dos navios na operação diária é chave para o emprego de menor recursos. O chamado Slow Steaming, por exemplo, poupa até 40% do combustível com a redução da velocidade em quatro nós. Também estamos reduzindo o consumo energético de nossos contêineres refrigerados em mais 30% nas novas construções. Tudo isso porque a sustentabilidade é um componente imprescindível em nossa filosofia corporativa”, enfatiza Biluca.

A sustentabilidade é uma das filosofias da Aliança e da Hamburg Süd, destacam as empresas, que contam com certificações importantes conquistadas pelo trabalho realizado para reduzir a emissão de gases com efeito estufa (GEE). 

A preocupação com os padrões de qualidade do ar também estão entre as prioridades dos principais portos do mundo, que assumiram um compromisso intitulado de “Iniciativa Climática Global dos Portos” (em inglês, World Ports Climate Initiative, WPCI). O objetivo é buscar ativamente a cooperação dos navios para reduzir as emissões de CO2.

Environmental Ship Index

Um dos projetos dentro do WPCI (Iniciativa Climática Global dos Portos) é o Environmental Ship Index (ESI), que identifica os navios que promovem redução das emissões atmosféricas acima das exigências previstas pelas normas de emissão da Organização Marítima Internacional. O ESI avalia a quantidade de óxido de nitrogênio (NOx) e óxido de enxofre (SOx), sendo um indicador perfeito do desempenho ambiental dos navios.

O índice é utilizado pelos portos para recompensar navios que participam do ESI e que assumem um papel de relevância na melhoria do ambiente marítimo e portuário. “Todas as partes interessadas no transporte marítimo podem usar o ESI como um meio para melhorar seu desempenho ambiental e como um instrumento para atingir seus objetivos de sustentabilidade”, complementa o executivo.

Fonte: Portos e Navios

Artigos Relacionados: Legalidade de 7 taxas cobradas no comércio exterior é questionada por estudo inédito da CNI Docas quer fornecer energia elétrica para navios atracados no Porto RS movimenta cerca de 27,7 milhões de toneladas de produtos pelo Porto de Rio Grande Portarias vão regular investimentos portos brasileiros Porto de Paranaguá digitaliza 100% de seus procedimentos Leis e custos inviabilizam terminal automatizado no Porto Codesp altera regras para uso da Hidrovia do Porto Empresários defendem nova obra no canal do Porto Para Antaq, setor de portos não pode ser demonizado Presidente da Codesp pede descentralização dos portos brasileiros
navios Aliança Hamburg Süd taxas Porto de Buenos Aires

mac-logo-pos

   

       

Conheça o grupo MAC Logistic! Ficaremos honrados em atendê-los e principalmente, apoiar o desenvolvimento dos seus negócios, através de projetos logísticos customizados.

   

OFFICES

    Brazil - Head Office (55 11) 5908-4050

    Florida Office +1 305 436-5141

    Vitória Office (55 27) 2122-1777

   maclogistic@maclogistic.com

CÂMBIO

       

As operações da Mac Logistic são regidas pelas Condições Gerais de Negócios registradas no 2º Cartório Oficial de Registro de Títulos e Documentos de São Paulo sob o número 3612634.