GARANTIMOS MAIS QUE LOGÍSTICA

Head Office +55 11 5908 4050

Blog MAC Logistic

Nova versão do Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto é elaborada pela Codesp

20-09-2019

Navios que operam granéis sólidos poderão atracar em berços ociosos de cais público do Porto de Santos. A nova regra, proposta pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e aprovada pelo Ministério da Infraestrutura, integra uma alteração no Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) do cais santista, que segue em atualização.

O PDZ é uma ferramenta de planejamento de uma autoridade portuária, estabelecendo estratégias e metas para o desenvolvimento e a otimização do uso de áreas e instalações do porto organizado. Segundo a Docas, alterações no documento têm como objetivo “retirar amarras operacionais que não fazem mais sentido com a dinâmica atual da operação portuária”.  

A nova norma é um pedido antigo da comunidade portuária. Isto porque, há mais de um ano, a falta de berços para a atracação de navios de granéis sólidos, entre eles, fertilizantes, causou dor de cabeça, filas na Barra e prejuízos milionários a usuários do complexo.  

Naquela época, cargueiros aguardaram quase três meses por uma oportunidade de realizar a descarga das mercadorias. Outros navios sequer planejaram a atracação no complexo e escalaram em outros portos em busca de maior agilidade. 

“A possibilidade de atracar navios de granéis sólidos em cais público é uma excelente notícia, que aguardamos há bastante tempo. Este é um segmento que não pode ter ociosidade. É receita para o Porto e para todo mundo que atua no setor”, disse o diretor-executivo do Sindicato das Agências de Navegação Marítima do Estado de São Paulo (Sindamar), José Roque.  

De acordo com a Portaria nº 4.058, publicada nesta quarta-feira (18) pelo Ministério da Infraestrutura, no Diário Oficial da União, todas as novas regras deverão ser publicadas no site da Docas e da própria pasta.

Enquanto isso, a autoridade portuária segue elaborando o seu novo PDZ. Conforme cronograma estabelecido, o prazo para a conclusão do material é de dez meses a partir da publicação do Plano Mestre, em abril último. Com isso, a nova versão do plano pode ser conhecida até fevereiro do ano que vem.

Fonte: A Tribuna

Foto: Companhia Docas do Estado de São Paulo - CODESP  

Artigos Relacionados: Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de São Paulo atinge 44% de market share de importação Acordo com União Europeia vai impulsionar cabotagem no Porto de Santos Nova fórmula reduz fretes para os grãos Obra de dragagem do Porto de Rio Grande avança e chega 65% de conclusão Porto de Santos crescerá 110% até 2060, diz estudo Tempo de espera dos navios nos Portos do Paraná diminui 46% Dragagem do canal de navegação do Porto de Santos corre risco de paralisação Movimentação no Porto cresce 3,7% em fevereiro Portos de Itajaí e Navegantes movimentam US$ 2,4 bilhões no primeiro bimestre de 2019 Portos brasileiros vão crescer 3,5% em 2019
navios Infraestrutura Codesp desenvolvimento BlogdaMac PortodeSantos MacLogistic OperaçãoPortuária CaisSantista Zoneamento

mac-logo-pos

   

       

Conheça o grupo MAC Logistic! Ficaremos honrados em atendê-los e principalmente, apoiar o desenvolvimento dos seus negócios, através de projetos logísticos customizados.

   

OFFICES

    Brazil - Head Office (55 11) 5908-4050

    Florida Office +1 305 436-5141

    Vitória Office (55 27) 2122-1777

   maclogistic@maclogistic.com

CÂMBIO

       

As operações da Mac Logistic são regidas pelas Condições Gerais de Negócios registradas no 8º Cartório Oficial de Registro de Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São Paulo sob o número 1483284.