Head Office +55 11 5908 4050
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA

Portos: investimentos de até R$ 51bi no Brasil e 1,2 Bi em Santos

Portos: investimentos de até R$ 51bi no Brasil e 1,2 Bi em Santos
30/11/2015

Os investimentos previstos para o setor portuário brasileiro nos próximos anos somam cerca de R$ 51 bilhões. Só R$ 3,9 bilhões serão feitos com recursos do governo e entre R$ 47 bilhões e R$ 48 bilhões virão da iniciativa privada. “O que cabe ao governo é garantir eficiência processual e agilidade para permitir aos investidores privados que se planejem para a execução de suas demandas”, afirmou o ministro da SEP (Secretaria Especial de Portos), Helder Barbalho.

Os R$ 3,9 bi serão investidos em obras de dragagem de aprofundamento, para permitir o acesso de navios de maior porte aos portos brasileiros; mais R$ 19 bi serão investidos em TUP’s (Terminais de Uso Privado), caso todos os 66 pedidos de autorização em análise na SEP sejam concedidos; outros R$ 16 bilhões serão direcionados para investimentos planejados para as 93 áreas a serem licitadas e leiloadas até o fim de 2016; e mais R$ 11 bilhões em obras prometidas nos processos de prorrogação dos arrendamentos.
Das 93 áreas a serem licitadas, quatro delas – uma em Vila do Conde (PA) e três em Santos (SP) – serão leiloadas em dezembro. Os editais de licitação de outras quatro áreas – três em Outeiro (PA) e uma em Santarém (PA) – deverão ser publicados no mesmo mês.

Tecon Santos tem plano de investimentos de R$ 1,276 bilhão aprovado pela SEP

A Santos Brasil recebeu a aprovação da SEP (Secretaria Especial de Portos) para a antecipação da prorrogação de contrato de arrendamento do Tecon Santos. Além disso, o plano de investimentos de R$ 1,276 bilhão na ampliação e modernização do terminal também foi aprovado pelo governo.

O investimento permitirá a adequação do Tecon ao tamanho dos navios que passaram a frequentar o porto após o aprofundamento do canal de acesso, atendendo de maneira eficiente a demanda prevista para o porto a partir de 2019. A obra ampliará a capacidade de movimentação do Tecon Santos dos atuais 2 milhões de TEU para 2,4 milhões de TEU.

Uma das principais intervenções previstas é a ampliação do cais acostável dos atuais 980 metros para 1.200 metros, por meio do prolongamento do cais do Terminal de Exportação de Veículos – TEV. A ampliação viabilizará a atracação simultânea de três novos navios Panamax, capazes de carregar entre 7.000 e 12.500 TEU.

Além disso, também serão realizadas dragagem para aprofundamento dos berços do terminal para 15 metros e consequente reforço da estrutura de todo o cais. O projeto também engloba a aquisição de equipamentos de ponta, entre eles seis portêineres do tipo double hoist, com 65 metros de lança que podem alcançar até a 24ª fileira de contêineres dos navios; 44 guindastes RTGs (guindastes de pórtico sobre pneus) elétricos; 16 RMG (guindastes de pórtico sobre trilhos) e 140 terminal tractors (carretas tipo reboque) para a movimentação de cargas no pátio.

As obras têm início previsto para 2016 e conclusão em quatro anos. Sua realização ocorrerá por etapas e não trará impacto direto no dia a dia das operações do terminal. A ampliação da extensão do cais acostável será realizada logo na primeira fase.  Na sequência acontecem as obras nos berços de forma que a empresa possa contar sempre com três deles operando normalmente.

Fonte: Guia Marítimo