Head Office +55 11 5908 4050
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA

Monitor do PIB aponta alta de 0,6%

Monitor do PIB aponta alta de 0,6%
19/04/2018

O Monitor do PIB-FGV aponta crescimento da economia: todos os indicadores (mensal, trimestral, acumulado de 12 meses) são positivos em fevereiro, quando a comparação é feita em relação ao ano passado, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Na série ajustada sazonalmente, no trimestre móvel finalizado em fevereiro, a variação foi positiva em 0,6%, em comparação ao três meses findo em novembro de 2017. Entretanto, na comparação mensal, realizada na série com ajuste sazonal, o Monitor do PIB-FGV sinaliza que o PIB retraiu 0,3% em fevereiro, quando comparado ao mês de janeiro.

“A economia continua apresentando crescimento em fevereiro. Mais uma vez todos os indicadores apresentaram taxas superiores àquelas observadas em 2017. Quando a comparação é feita na série mensal dessazonalizada, a economia apresenta retração de 0,3%, na relação de fevereiro com janeiro. Apesar disso, as taxas de crescimento de fevereiro são menores do que as divulgadas no mês anterior, o que pode significar perda de fôlego da recuperação cíclica”, afirma Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV.

Na comparação interanual, o PIB do trimestre foi positivo em 1,7%, embora tenha desacelerado com relação a taxa trimestral com fim em janeiro. Os destaques positivos são o crescimento das atividades de transformação (5,4%) e comércio (4,7%). Em contrapartida, a atividade agropecuária retraiu 1,7% após treze meses consecutivos de crescimento.

Outros componentes

O consumo das famílias apresentou crescimento de 2,5% na comparação interanual. Apesar de todos os componentes do consumo das famílias terem apresentado taxas positivas, houve desaceleração do aumento em comparação com o trimestre finalizado no mês de janeiro.

A exportação apresentou expansão de 5,5% no trimestre, na comparação interanual. A saída de produtos agropecuários continua sendo destaque, com crescimento de 39,1%. Já a importação cresceu 2,8%, com destaque para o desempenho de produtos agropecuários, que recuou 16,4%.

Em termos monetários, o PIB alcançou a cifra aproximada de 1 trilhão, 88 bilhões, 593 milhões de reais no acumulado do ano até fevereiro.

Fonte: DCI Diário Comércio Indústria & Serviços