Head Office +55 11 5908 4050
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA

COVID-19: Air Canada remove assentos de três 777-300ER para aumentar sua capacidade de carga aérea

COVID-19: Air Canada remove assentos de três 777-300ER para aumentar sua capacidade de carga aérea
15/04/2020 zweiarts

A Air Canada está removendo assentos de passageiros de três Boeing 777-300ERs para usar esses aviões em voos de carga. A conversão da primeira aeronave está concluída e iniciou as operações.

A operação de conversão foi realizada em Mirabel pela especialista canadense em manutenção de aeronaves e integração de cabine Avianor. A Avianor disse que removeu 422 assentos de passageiros da primeira aeronave e instalou caixas de carga leves. A conversão foi implementada em seis dias. Todas as modificações foram certificadas pela agência de transportes do Canadá (Transport Canada).

“A transformação do Boeing 777-300ER, nossa maior aeronave widebody, dobra a capacidade de cada voo e permitirá que mais mercadorias se movam mais rapidamente”, disse Tim Strauss, vice-presidente de carga da Air Canada.

Os Boeing 777-300ERs convertidos levarão materiais sensíveis ao tempo, incluindo suprimentos médicos urgentes e bens essenciais para apoiar as atividades econômicas do país. Aeronaves reconfiguradas podem transportar 89,6 toneladas de carga, o que equivale a 9 milhões de máscaras.

Desde 22 de março, a Air Canada já realizou 40 vôos de carga usando seus passageiros Boeing 787 e Boeing 777. Com essas três novas aeronaves convertidas, a companhia espera operar cerca de 20 vôos de carga por semana, complementados pela rede intercontinental mínima de passageiros prevista para abril, que abrange Londres, Paris, Frankfurt e Hong Kong.

Na semana passada a El Al havia removido assentos de um 777 também para usar o avião para carga aérea dedicada.

Fonte: CAVOK
Foto: Air Canada