Head Office +55 11 5908 4050

ÁREA RESTRITA | CANAL DE DENÚNCIAS
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA | CANAL DE DENÚNCIAS

O que o setor de transportes brasileiro pode esperar do segundo mandato de Dilma?

O que o setor de transportes brasileiro pode esperar do segundo mandato de Dilma?
30/10/2014

Durante o período eleitoral, pouco foi discutido em relação ao setor de transportes brasileiro. O portal Transporta Brasil destacou os pontos que merecem maior atenção nos próximos quatro anos, por modal:

Ferroviário

O governo tenta retomar o desenvolvimento das linhas férreas nacionais por ver o transporte como um trampolim para a produtividade local. O maior desafio em seu ponto de vista é a conclusão da Ferrovia Norte-Sul: a previsão é que 62% da obra esteja pronta até o final de 2015.

Hidroviário

O governo vê como prioridade estimular a construção de hidrovias que aproveitem melhor as bacias hidrográficas brasileiras, para otimizar o escoamento da produção de grãos. Está previsto no Programa de Aceleração do Crescimento 3 (PAC 3) e no Programa de Investimento em Logística 2 (PIL 2) o reforço do transporte fluvial como uma das principais demandas.

Rodoviário

De acordo com informações da agência Reuters, o governo federal deve anunciar até dezembro mais medidas para destravar investimentos em rodovias, mas a presidente pouco abordou esse modal em específico em suas propostas.

Aéreo

Com a expansão desse nicho, a tendência é que o governo subsidie nos próximos anos o modal por meio do Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR). A iniciativa prevê auxilio para aeroportos com até um milhão de passageiros por ano. A Medida Provisória 652, criadora do programa, já está sendo analisada na Câmara dos Deputados, para definir o cronograma de trabalho.

 Leia mais em http://bit.ly/1yKapjr.