Head Office +55 11 5908 4050
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA

Tesouro Nacional autoriza início de venda de ações do Fundo Soberano

Tesouro Nacional autoriza início de venda de ações do Fundo Soberano
08/05/2017

O Tesouro Nacional anunciou na noite de sexta-feira (5) o início das operações de venda das ações do Banco do Brasil que compõem o Fundo Soberano, uma das primeiras medidas econômicas anunciadas pelo governo federal. Em nota, o Ministério da Fazenda informou que o procedimento ocorrerá ao longo de dois anos e seguirá as condições de mercado.

 Na operação, serão vendidas as ações da instituição detidas pelo Fundo Fiscal de Investimentos e Estabilização (FFIE), gerido pela Fundo Soberano. À época do anúncio, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, estimou que o valor dos recursos do fundo era de R$ 2 bilhões.

Atualmente, estoque das ações do Banco do Brasil no fundo chega a R$ 3,54 bilhões, de acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“A Secretaria do Tesouro recomendou à BB Gestão de Recursos DTVM S.A. (subsidiária do banco e gestora do fundo) que envide seus melhores esforços para a alienação das ações do Banco do Brasil de forma mais neutra possível em termos de impacto no preço do ativo”, comunicou a Fazenda.

 Com essa operação, a venda das ações irá fortalecer os cofres públicos, o que ajudará o governo federal a cumprir a meta fiscal neste ano, que é de um déficit primário de R$ 139 bilhões.

O Fundo Soberano do Brasil é um fundo público vinculado ao Ministério da Fazenda cujo objetivo original era mitigar os efeitos dos ciclos econômicos, formar poupança pública, promover investimentos em ativos no Brasil e no exterior e fomentar projetos de interesse estratégico localizados fora do País. Na prática, o fundo estava subutilizado, de acordo com a equipe econômica.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Fazenda